Gabriel

Gabriel

quinta-feira, 28 de abril de 2011

As vezes os sinais veem antes...

Dois dias antes de ir encontrar o papai do Céu, meu anjinho chegou em casa, da escola, com um coraçãozinho azul, de acrílico e me  disse: - Mãe é pra vc!
Na hora não dei a devida importancia mais agradeci e disse: Obrigado meu amor!!!
Guardei em algum lugar....
No outro dia ele chegou da escola novamente, e preocupado me perguntou: - Mãe vc guardou o coração? Ah mãe guarda, vc vai perder!!!!
Eu disse não vou não Biel a mamãe já guardou.
No dia seguinte foi o pior dia da minha vida, pois ele me deixou.....
Após o sepultamento não tive coragem de voltar pra casa, mais o que não saia da minha cabeça era o coraçãozinho azul que ele havia me dado.
Quando finalmente tomei coragem e voltei pra casa a minha busca insessante era para lembrar  onde havia guardado o presente. Procurei por tudo, pelos lugares onde poderia ter guardado e nada.
Perguntei para o Caique se ele lembrava da historia e ele disse que sim, mais que não sabia onde estava....
Então ao arrumar a cama e sentir mais uma punhalada em ter que dobrar o cobertor da sua cama, (que sim ainda estava lá), enrrolado no mesmo estava o " coraçãozinho azul ".
Meu filho Caique acredita ( e eu tb) que ele ao ver o meu desespero em busca dessa "jóia rara" o colocou lá para que eu achasse.
Agora em que se aproxima o dia das mães, acredito que com isso ele queria me dizer, ao  me dar esse presente que " o coração dele sempre estará comigo mesmo eu não podendo abraça-lo e beija-lo o coração dele sempre estará aqui comigo."
Te amo sempre Biel!!!!!

3 comentários:

  1. Alessandra, sinto muito por seu anjinho Gabriel. Perdi meu pequeno com apenas 12 dias de vida, mas sinto profundamente a dor de não tê-lo aqui em meus braços, junto aos irmãos. Essa dor que somente nós conhecemos não tem cura, mas tem conforto e somente a fé em Deus pode dar esse conforto!
    Fique com Deus,

    Débora
    http://meninoemeninapequeninos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Alessandra Sanches30 de abril de 2011 23:43

    Para Débora
    Obrigada Débora pos suas palavras.
    Nós que somos orfãs de nossos filhos, neste grupo seleto, temos que ter´Fé para seguir adiante e ainda assim ficamos com medo de não conseguir....
    Espero que DEUS console " nosso coração " para que possamos ainda criar nossos outros filhos e darmos todo o amor que pudermos a eles.
    Um forte Abraço,

    ResponderExcluir
  3. Alessandra,

    Eu li seu blog e chorei ao ver esse coraçãozinho!
    Perder alguem que é muito amado é difícil demais!
    Eu acabei mudando minha vida inteira, fiquei doente, sem ver nada na frente, so tristeza, mas tenho uma filha linda, hoje com 7 anos, que é meu anjinho...me traz só felicidade e me fez ter força para o dia a dia.
    Não sei o que aconteceu com seu pequeno, mas tenho certeza que ele esta bem!
    Você fazendo coisas para as crianças mostra o quanto você tem amor em seu coração!
    Isso faz você viver !

    Boa sorte e força sempre!

    Beijo no coração,
    Monica

    ResponderExcluir